Cultura Portuguesa

Cultura Portuguesa: Uma Visão Global da Cultura e Tradições em Portugal

Descubra mais sobra a cultura Portuguesa e a sua evolução e impacto no nosso pais ao longo dos ultimos séculos.

Portugal é um país predominantemente Católico Romano com uma ética familiar coesa. A sua rica cultura é resultado de várias influências, como a Celta, Lusitana, Fenícia, Germânica, Visigoda, Viking, Sefardita, e Moura. Nas décadas recentes, o país tem atravessado um renascimento nas artes, e as cidades de Lisboa, Porto, e Guimarães foram todas designadas Capitais Europeias de Cultura.

Cultura Portuguesa: Arte

Os Portugueses têm uma enraizada apreciação pela arte. Cidades como a capital de Lisboa, a “segunda cidade” do Porto, Braga, Guimarães, e a cidade universitária de Coimbra têm vários museus. Municípios mais pequenos têm as suas próprias colecções. À parte das aldeias minúsculas, existe por norma um espaço designado para exibições de arte local. Por norma costuma ser dentro, ou perto, da Câmera Municipal.

Está à procura de uma galeria de arte na moda ? Não procure mais, visite a Arte AFK, localizada a norte do centro de Lisboa, cujo o foco é quadros e fotografia. A galeria apresenta artistas nacionais e internacionais, establecidos e novos na cena.

  Cultura Portuguesa: Literatura

A literatura Portuguesa desenvolveu-se no século XII a partir das palavras líricas de homens como “o Rei Poeta” D. Dinis, que escreveu maioritariamente a partir de tradições orais que eram cantadas por trovadores.

Luís Vaz de Camões, um poeta do século XVI, é considerado o melhor poeta Português. O seu trabalho, especialmente o épico Os Lusíadas, tem sido comparado com o trabalho de Shakespeare, Homer e Virgil.

Mais perto do presente, Fernando Pessoa é uma das figuras literárias mais influenciais do século XX, e em 1998, José Saramago recebeu o Prémio Nobel da Literatura.

Dica: Se é um leitor, não perca a loja de livros Lello no Porto com a sua escadaria magnífica (não é permitido fotos) e visite o Parque Eduardo VI em Junho quando é realizada a Feira de Livros de Lisboa.

Cultura Portuguesa: Teatro

Portugal nunca desenvolveu uma grande tradição pelo teatro dramático muito devido ao facto de os Portugueses serem mais apaxaionados por trbalho lírico ou humorístico em vez de arte dramática. Durante o século XX, o teatro chegou á classe média através de Revista, uma forma de teatro mais leve que expõe problemas sociais e políticos.

Cultura Portuguesa: Música

Fado, e música e dança folclore, são as formas mais importantes de expressão musical em Portugal. Na verdade, o fado consta na Lista do Património Cultural Imaterial. Sendo sinónimo de “destino”, é caracterizado pelas suas melodias e letras tristes, muitas vezes acerca do mar, e está ligado com o conceito de saudade.

Existem duas variedades principais. O estilo de Lisboa é mais popular, e aplaudido por palmas, enquanto que o de Coimbra é mais refinado. Para mostrar apreciação, apenas uma limpeza discreta da garganta é apropriado. A importância do fado é confirmada pelo facto de que quando a “Raínha do Fado”, Amália Rodrigues, faleceu em 1999, foram declarados três dias de luto nacional.

Até a cidade mais pequena em Portugal tem uma praça, normalmente perto da igreja, para apresentações de folclore regional. Os participantes em trajes coloridos cantam músicas tradicionais e realizam danças consagradas pelo tempo acompanhados de instrumentos como a guitarra, bandolim, gaita-de-foles, acordeão, violino e tambores.

O corridinho do sul do Algarve tem um toque do Antigo Oeste Americano na sua forma e som, enquanto que no Minho nortenho, o viro sentiria-se em casa numa celebração do Oktoberfest. Na região nordeste conhecida como Trás-os-Montes, os dançarinos de Miranda, conhecidos como Pauliteiros, executam uma dança ritual antiga de armas usando paus—de uma maneira muito civilizada, claro.

Cultura Portuguesa: Folclore

Um exemplo da tradição Portuguesa-Galega, é o das mouras encantadas, donzelas mágicas capazes de mudar de forma, que guardam rios, pontes, poços, cavernas e castelos. Presas em cativeiro por um feitiço de poder oculto, prometem recompensar qualquer pessoa que as consiga libertar.

Cultura Portuguesa: Cozinha

Numa discussão sobre a cozinha Portuguesa, o ponto inicial tem que ser o bacalhau, o bacalhau salteado tem sido o foco da dieta do páis durante séculos. Outras selecções populares de peixe incluem sardinha, lagosta, camarão, polvo, enguia, dourado, e robalo. Porco, especialmente leitão, é extremamente popular, tal como cabra, e dependendo da região, algumas carnes de caça. Para um gosto domador, bife, peru, e frango são predominantes.

A complementar carne ou peixe numa refeição estão normalmente ambos arroz e batata, mais uma salada de alface, tomate, e cebola cortada. Vegetais inclui repolho, couve, escarola, e feijão verde, apesar de ser mais provável encontrar os mesmos em forma de puré com cenoura e batata resultando na onipresente sopa de legumes que precede a maior parte dos almoços e jantares. Haverá sempre uma taça com azeitonas na mesa para começar também.

Ovos são um básico tal como o queijo, quer de vaca, cabra, ou ovelha. O lanche nacional é o petisco, pastel de nata, e arroz doce com cobertura de canela é uma sobremesa favorita.

Cultura Portuguesa: Desporto

Futebol, é o desporto mais popular em Portugal. O clube mais velho, Boavista, nomeado após o bairro do Porto com o mesmo nome, foi fundado em 1903. Sporting e Benfica são os rivais em Lisboa, e há outros clubes ao longo do país.

Existe também uma equipa nacional, no 3º lugar do ranking em 2017 atrás da Alemanha e do Brasil, em 206 países regulados pela FIFA, a agência governadora do desporto. O lendário Eusébio é ainda um símbolo do futebol Português, mas hoje em dia é o Cristiano Ronaldo que está na ribalta.

Existem algumas, não muitas, praças de touros em Portugal. O interesse em touradas varia de região para região, e não é nada como o Espanha, de Hemingway.

Cultura Portuguesa: A Cultura de café

Desde cedo pela manhã até ás altas horas da noite, podemos encontrar os Portugueses a beber café no seu estabelecimento local. Juntam-se para falar, ler o jornal, ver a sempre presente televisão suspensa na parede, e visitar vizinhos a todas as horas. Estes estabelecimentos são imãs para a observação comunal de jogos importantes.

Não é um café típico dos habitantes, mas um favorito pessoal para quando eu quiser um dos melhores pastéis de nata do país, muito menos Lisboa: Fábrica da Nata na Praça dos Restauradores. Sanduíches saborosas também.